Projeto Caneta Vermelha

Não é a cor da tinta, é a cor do texto

Nina e Betáh

Eu estou escrevendo esta carta pelo celular porque a urgência é grande. Já fazem quase 10 anos que nos conhecemos, mas eu confesso que eu queria que estivéssemos juntas durante esse tempo. Fazíamos a tríade perfeita: the brain, the looks, the muscle (acho que os papéis são bem óbvios) e o fato de termos nos separado sempre me causou essa sensação de estranheza, sempre estava faltando alguma coisa.

A Roberta foi primeiro e eu morria de medo dela me esquecer. Eu mal tinha internet na época e ficamos sem nos falar tanto tempo… A Nina sempre esteve presente, mesmo que esporadicamente, mas ainda era tão pouco… E eu, sempre tão isolada, mais por imposição de terceiros do que por falta de meios de comunicação.

Eu só gostaria de dizer que nada me deixa mais feliz do que vê-las juntas novamente (e eu estou chorando no ônibus com o maior sorriso do mundo). Eu lembro do nosso ensino médio, quando riam da gente por sermos meio esquisitas, e tínhamos a sensação de que éramos nós 3 contra o mundo. Eu lembro de todos os problemas psicológicos, de todos os choros, das bebedeiras, da guerra de batata palha… Queria lembrar exatamente de tudo, mas não consigo. Só sei que vocês foram muito mais que minhas amigas, mais até que irmãs.

Obrigada por todos esses anos de amizade, eu amo vocês.

Sinceramente,

Arpha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 10 de março de 2014 por em Cartas para amigas e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: