Projeto Caneta Vermelha

Não é a cor da tinta, é a cor do texto

Pra deixar saber

Você não sabe, mas toda vez que falo que te amo, lembro de todas as pessoas que tem sua forma de amor decepada. Lembro do cartaz do ministério da saúde no mural da escola, que pregava o respeito aos homossexuais mas que, ao sofrer uma intervenção de aluno (rabiscaram com caneta vermelha que “toda forma de amor é válida”), foi arrancado. Porque uma coisa é pregar o respeito aos homossexuais, mas falar de amor já é vandalismo.

Você não sabe, mas nas primeiras vezes que você me abraçou em público eu automaticamente olhava pros lados pra confirmar os olhares atravessados que nos lançavam.

Você não sabe, mas quando me perguntaram quem era o cara que havia me deixado deste jeito, não pensei duas vezes em responder que era uma guria.

Você não sabe, mas todos que me conhecem nesses quase 23 anos dizem que nunca viram meu olho brilhar tanto quanto nos momentos em que falo de você.

Você não sabe, mas aprendi que não importa se tento me fazer de durona, meus olhos enchem de lágrimas toda vez que lembro da minha mãe me dizendo que independente de quem eu ame, o amor dela por mim não vai mudar.

Você não sabe, mas eu tive medo de assumir o que eu sentia.

Você não sabe, mas nossos vários anos de diferença de idade nunca me importaram de fato. Era só uma desculpa pro meu medo de expor meu amor por você.

Você não sabe, mas eu te amei muito antes de você me amar.

E cada vez que eu falo que te amo me sinto no dever de dar um passo pra fora desse armário que querem nos enfurnar. Amo pela garota que tem medo de segurar a mão da outra na escola e no shopping e também por aquela que tem receio de contar pros pais que ama outra porque acha que vai ser expulsa de casa. Sinto que amo por mim, amo por nós e amo um pouquinho por todas aquelas que são impedidas de expressar seu amor.

Você não sabe. E é por isso que agora vou deixar você saber.

A.R.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 8 de março de 2014 por em Cartas para amantes e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: